TSITSI DANGAREMBGA

TSITSI DANGAREMBGA nasceu na Rodésia (hoje, Zimbábue) em 4 de fevereiro de 1959.

Iniciou sua educação na Inglaterra, onde viveu parte da infância, e concluiu o ensino básico em uma escola missionária na cidade de Mutare, Zimbábue.

Depois, estudou Medicina na Cambridge University, mas retornou ao Zimbábue em 1980, pois não aguentou ficar longe de casa.

Estudou Psicologia na University of Zimbabwe, e fazia parte do grupo de teatro da instituição. Trabalhou como copywriter em uma agência de publicidade, o que lhe concedeu experiência necessária para que se aventurasse na escrita de diversas peças de teatro, como The Lost of the Soil.

Mais tarde, estudou direção de cinema na Deutsche Film und Fernseh Akademie, em Berlim, onde produziu diversos filmes, incluindo um documentário. Produziu e dirigiu o filme “Everyone’s Child”.

Atualmente, Tsitsi Dangaremgba vive com a família em Harare, capital do Zimbábue, onde fundou uma produtora de filmes, a Nuyerai Films.

Sua primeira obra, Nervous conditions, de 1989, foi o primeiro livro escrito em inglês por uma mulher negra do Zimbábue.

OBRA DA KAPULANA

Condições nervosas. Tradução: Carolina Kuhn Facchin. São Paulo, 2019. (Em tradução)

OBRA ORIGINAL

  • She no longer weeps (peça). Zimbábue: College Press Publishers, 1987.
  • Nervous conditions. Reino Unido: Ayebia Clarke Publishing Ltd., 1989.
  • The book of Not. Reino Unido: Ayebia Clarke Publishing Ltd., 2006.
  • This mournable body. Estados Unidos: Graywolf Press, 2018.

DESTAQUES

  • Obra vencedora do prêmio “Commonwealth Prize for Africa”, de 1989.
  • Classificada entre os 12 primeiros livros no ranking dos “100 Melhores Livros Africanos do Século XX”.
  • Integrou em 66° lugar a lista da BBC de “100 Histórias que formaram o Mundo”, em 2018.
  • A autora, em 2019, será curadora do “African Book Festival Berlin 2019”, festival Literário em Berlim, com foco em escritores africanos. http://www.jamesmurua.com/tsitsi-dangarembga-to-curate-berlins-african-book-festival-2019/
  • Uma entrevista com a autora: https://www.pambazuka.org/arts/interview-tsitsi-dangarembga