Publicado em

SÓNIA SULTUANE

SÓNIA SULTUANE nasceu em Maputo, em 4 de março de 1971. É uma artista multifacetada: poeta, artista plástica e curadora. Trabalha como gestora de Comunicação e Imagem numa firma de advogados. Sónia Sultuane é uma voz afirmada na poesia, desde a estreia com a obra Sonhos, em 2001. Ganhou notoriedade em Imaginar o poetizado, 2006, e No colo da lua, 2009. Publicou igualmente o conto infantojuvenil A Lua de N’weti, 2014.

É membro da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO), onde ocupou o cargo de Secretária da Assembleia Geral. Mantém também colaboração dispersa com a imprensa .

Seu mérito como escritora e artista plástica foi reconhecido, por seu papel social na valorização das mulheres do mundo no “Festival Internacional de Poesia Mujeres Poetas Internacional”, organizado pelo “Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora”, que a distinguiu como “Escritora do ano 2014”.

A obra de Sónia Sultuane faz parte das antologias Universal Lusófona Rio dos Bons Sinais, 2015 e 2016, Zalala, 2015, Antologia dos silêncios que cantamos, poesia moçambicana, 2014, e ainda nas antologias Poesia sempre, 2006 e Nunca mais é sábado, 2003.

É autora do projeto artístico Walking Words 2008, inserido em diversas disciplinas artísticas.

OBRAS DA KAPULANA

OUTRAS PUBLICAÇÕES

  • 2001 – Sonhos. Maputo: Associação dos Escritores Moçambicanos.
  • 2006 – Imaginar o poetizado. Maputo: Ndjira.
  • 2009 – No colo da lua. Maputo: edição própria.
  • 2014 – A Lua de N´weti. Santo Tirso: Editorial Novembro.
  • 2016 – Roda das encarnações. Maputo: Fundação Fernando Leite Couto.
  • 2017 – Celeste, a boneca com olhos cor de esperança. Santo Tirso: Editorial Novembro. 

PRÊMIOS, CONCURSOS E OUTRAS PARCIPAÇÕES:

  • Membro da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO).
  • Prémio Femina 2017 – Mérito nas Letras: Literatura – Poesia.