Lançamento do livro Serei sereia?, de Kely de Castro, da Editora Kapulana, no Memorial da Inclusão

A Editora Kapulana lança o livro Serei sereia?, de Kely de Castro, também em versão acessível, na abertura do Setembro Verde, com apoio da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, no Memorial da Inclusão, em São Paulo – SP

 

No dia 1º de setembro, o lançamento do livro Serei sereia?, da Editora Kapulana, marcou o início do Setembro Verde, mês oficial voltado à inclusão social das pessoas com deficiência. O evento é realizado pela Federação das APAES do Estado de São Paulo – FEAPAES-SP, com o apoio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, que teve lugar no Memorial da Inclusão.

O evento teve início às 13h, com abertura oficial da mesa através do pronunciamento da Secretária Dra. Linamara Rizzo Battistella e da presidente da FEAPAES-SP, Cristiany de Castro, que falou sobre a parceria entre as APAES e a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, além da presença de outros participantes.  

O lançamento do livro Serei sereia? aconteceu às 14h, com a apresentação da diretora da Editora Kapulana, Rosana Weg, que agradeceu a oportunidade da Dra. Linamara Rizzo Battistella, Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência, e também a colaboração da equipe Kapulana e dos artistas Kely de Castro e Vinicius Camargo.

Em seguida, houve a dramatização com acompanhamento musical de parte da história pela autora e bonequeira Kely de Castro, juntamente com o artista Vinícius Camargo. Os atores contracenaram com a boneca representando a menina Inaê, protagonista da história, e confeccionada pela própria autora, na forma de sereia e em sua forma humana, com cadeira de rodas.

A obra narra a história de Inaê, uma menina que nasceu com um desafio a vencer: o fato de não poder andar. Comparada ludicamente com uma sereia, que tem restrição de mobilidade, em função da cauda de peixe, a menina, como todas as crianças, passa por momentos de tristeza, alegria, conflito e tranquilidade. A garota enfrenta desafios, mas com a ajuda da mãe descobre que pode construir sua própria história.

O mês oficial da luta pela inclusão da pessoa com deficiência tem como objetivo gerar visibilidade à causa da pessoa com deficiência. Setembro foi escolhido para essa ação em razão do dia 21 ser Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Além da comemoração da data, a ação tem o intuito de tornar o mês referência nacional.

A Editora Kapulana agradece à Dra. Linamara Rizzo Battistella, Secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência e sua equipe, e aos colaboradores do Memorial da Inclusão, por terem possibilitado o lançamento do livro Serei sereia?, também em versão acessível.

São Paulo, 05 de setembro de 2016.

Saiba mais sobre a autora: http://www.kapulana.com.br/kely-de-castro/

Saiba mais sobre o livro: http://www.kapulana.com.br/produto/serei-sereia/

Veja as fotos: http://http://www.kapulana.com.br/01092016-setembro-verde-lancamento-com-dramatizacao-de-serei-sereia-no-memorial-da-inclusao-em-sao-paulo-sp/

Saiba mais sobre o evento:  http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/ultimas-noticias/setembro-verde-apresenta-atendimento-a-pessoas-com-deficiencia-intelectual-alinhado-a-lei-brasileira-de-inclusao-