Publicado em

Lançamento do livro Nós matamos o Cão Tinhoso!, do moçambicano Luís Bernardo Honwana, no centro cultural Tapera Taperá, em São Paulo

A Editora Kapulana lançou o livro Nós matamos o Cão Tinhoso! no centro cultural Taperá Tapera, no centro de São Paulo

Na noite de quarta-feira, 22 de novembro de 2017, aconteceu o lançamento do livro Nós matamos o Cão Tinhoso!, do moçambicano Luís Bernardo Honwana, mais recente publicação da Editora Kapulana. O evento ocorreu no centro cultural Tapera Taperá, que conta com biblioteca e livraria, no centro da cidade de São Paulo.

A Kapulana organizou uma mesa com roda de conversas mediada pela jornalista Rosane Queiroz, e que contou com a posfaciadora do livro, Vima Lia de Rossi, professora e pesquisadora da Letras-USP; com Luciana Bento, socióloga e blogueira, do Instagram “A mãe preta”; e com Oswaldo Faustino, jornalista e ativista do movimento negro. Além disso, a artista Daisy Serena leu trechos selecionados do livro, adicionando ainda mais emoção ao encontro.

Os convidados tiveram a oportunidade de ouvir os relatos e as impressões dos participantes da mesa sobre o livro Nós matamos o Cão Tinhoso!, relataram o impacto que a leitura dos contos causou neles e ofereceram teorias e interpretações diversas sobre os contos de Honwana. Após as falas dos três participantes da mesa, a conversa foi aberta para o público, que pôde dividir seus próprios sentimentos sobre este livro marcante.

Ficou evidente pela fala de todos os presentes o quanto o livro era aguardado por estudiosos da literatura africana e por leitores apaixonados pela boa literatura. Todos os que ofereceram suas impressões tinham algo a dizer sobre como Nós matamos o Cão Tinhoso! os havia marcado, em leituras antigas e recentes.

Nós matamos o Cão Tinhoso! apresenta sete contos nos quais Luís Bernardo Honwana denuncia e contesta a realidade brutal de Moçambique na época do colonialismo. O autor surpreende e inova ao trazer o olhar de narradores que ainda são crianças, suscitando diversas interpretações. A edição da Editora Kapulana traz, ainda, um conto nunca antes publicado em livro, “Rosita, até morrer”.

A Kapulana agradece aos participantes da mesa, que, trazendo seus sentimentos sobre esta obra fundamental, estimularam uma conversa aberta e interessante, e ao público presente, que enriqueceu o debate com suas impressões. Também agradece a Tapera Taperá por acolher o Cão Tinhoso e participar do retorno de Honwana ao Brasil.

São Paulo, 23 de novembro de 2017.

Saiba mais sobre o livro Nós matamos o Cão Tinhoso!http://www.kapulana.com.br/produto/nos-matamos-o-cao-tinhoso/

Saiba mais sobre o autor Luís Bernardo Honwana: http://www.kapulana.com.br/biografia-de-luis-bernardo-honwana/