Publicado em

FÁTIMA MENDONÇA

FÁTIMA MENDONÇA é professora aposentada da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, Maputo. Desde 2007 é investigadora integrada do CLEPUL (Centro de Culturas e Literaturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa).

É autora de vários livros e ensaios sobre Literatura Africana e Literatura Moçambicana. Organizou obras de poesia moçambicana e é autora de textos que fazem parte de obras literárias importantes.

OBRAS / ARTIGOS DA KAPULANA

2016 – “Moçambique, lugar para a poesia”. Posfácio das edições moçambicanas de Sangue negro, de Noémia de Sousa: 2001 (AEMO – Associação dos Escritores Moçambicanos), e 2011 (Ed. Marimbique), revisto pela autora Fátima Mendonça, em agosto de 2016, para a Editora Kapulana.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

  • Antologia da nova poesia moçambicana: 1975 – 1988 [em coautoria com Nelson Saúte]. Maputo: Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO), 1989.
  • Literatura moçambicana – a história e as escritas. Maputo: Faculdade de Letras e Núcleo Editorial da Universidade Eduardo Mondlane, 1989.
  • Rui de Noronha: meus versos [edição crítica da poesia de Rui de Noronha]. Lisboa: Texto editores, 2006.
  • Hibridismo ou estratégias narrativas? Modelos de herói na ficção narrativa de Ngugi wa T´hiongo, Alx la Guma e João Paulo Borges Coelho. São Paulo: Via Atlântica – USP, 2009.
  • “Moçambique, lugar para a poesia”. Posfácio das edições moçambicanas de Sangue negro, de Noémia de Sousa: 2001 (Maputo: AEMO – Associação dos Escritores Moçambicanos); 2011 (Maputo: Ed. Marimbique).
  • Literatura moçambicana – as dobras da escrita. Maputo: Ndjira, 2011.
  • “João Albasini e as luzes de Nwanzengele”. Em coautoria com César Braga-Pinto. Maputo: Alcance, 2015.

PRÊMIO:

  • 2016 – Vencedora do Prémio José Craveirinha de Literatura de 2016.