Fátima Mendonça, autora de posfácio do livro Sangue negro, de Noémia de Sousa, ganha “Prémio José Craveirinha de Literatura 2016”

Fátima Mendonça, professora e pesquisadora, ganhou o moçambicano “Prémio José Craveirinha de Literatura” de 2016, por sua contribuição para o desenvolvimento da literatura moçambicana

Profa. Fátima Mendonça é professora aposentada da Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo, Moçambique. É investigadora integrada do CLEPUL (Centro de Culturas e Literaturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa) e autora de diversos ensaios sobre literaturas africanas e literatura moçambicana.

Um de seus mais importantes ensaios é “Moçambique, lugar para a poesia”, escrito em 2001, e publicado como posfácio nas edições moçambicanas do livro Sangue negro, de Noémia de Sousa.

A Editora Kapulana lançará no Brasil, em dezembro de 2016, nova edição de Sangue negro, de Noémia de Sousa, a Mãe dos Poetas Moçambicanos. Essa edição conta com o referido posfácio de Fátima Mendonça e textos de outros grandes escritores moçambicanos, como Nelson Saúte e Francisco Noa. A edição brasileira de Sangue negro conta também com o prefácio da renomada intelectual brasileira, Profa. Carmen Tindó, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

O “Prémio José Craveirinha de Literatura” é uma homenagem ao poeta moçambicano José Craveirinha (1922-2003), primeiro autor moçambicano a receber o prêmio Camões de Literatura. É instituído pela AEMO (Associação dos Escritores Moçambicanos) e patrocinado pela HCB (Hidroeléctrica da Cahora Bassa), e é atribuído aos autores moçambicanos. Além de Fátima Mendonça, colaboradora da edição de Sangue negro, da editora Kapulana, outros escritores da Kapulana já ganharam esse prêmio. Dentre eles, destacam-se Ungulani Ba Ka Khosa e Aldino Muianga. A Editora Kapulana tem em seu catálogo os seguintes livros dos premiados escritores:

  • de Ungulani Ba Ka Khosa:  O rei mocho (2016) e Orgia dos loucos (em edição, 2016)
  • de Aldino Muianga: O domador de burros (2015) e A noiva de Kebera (em edição, 2016)

A Editora Kapulana parabeniza a Profa. Fátima Mendonça e agradece a oportunidade de ter tão importante intelectual como colaboradora em uma de suas mais relevantes obras de seu catálogo.

São Paulo, 14 de setembro de 2016.

Saiba mais sobre a edição de 2016 do Prémio José Craveirinha: http://opais.sapo.mz/index.php/cultura/82-cultura/41872-fatima-mendonca-vence-premio-jose-craveirinha-de-literatura-.html

http://www.jornalnoticias.co.mz/index.php/recreio-e-divulgacao/58595-edicao-2016-maria-de-fatima-mendonca-vence-o-premio-craveirinha.html

Saiba mais sobre Fátima Mendonça: http://www.kapulana.com.br/fatima-mendonca/